Sindisaude
54 3221.7453
54 9635.0765
22 de Setembro, 2021

CNTS pede ao Ministério da Saúde prioridade da Enfermagem no reforço da vacinação

A Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde – CNTS formalizou pedido ao Ministério da Saúde para que os profissionais de saúde, em especial os da Enfermagem, sejam incluídos no Plano de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 e, assim, recebam a terceira dose da vacina contra o coronavírus.

A Nota Técnica 27/2021 do Ministério autoriza a aplicação de uma terceira dose do imunizante, a partir da quarta-feira, 15 de setembro, para todos os idosos acima de 70 anos e pessoas com imunossupressão. Em ofício, a CNTS solicitou que o reforço vacinal se estenda também aos profissionais da saúde, que estão destacados no atendimento à população desde o início da pandemia, em março de 2020.

“É imprescindível o reforço da imunização dos profissionais da área da saúde, já que eles estão expostos, cotidianamente, indireta e/ou diretamente, a diferentes e diversos microrganismos, que podem gerar quadros de infecção, ocasionando, assim, consequências para as unidades de saúde, para esses profissionais e para os usuários”, afirma o documento.

O ofício ainda destaca que, levantamentos de entidades científicas apontam que o número de mortes entre os profissionais da saúde despencou no país depois do início da vacinação. “Portanto, o reforço da vacinação é um ato necessário para proteção individual e coletiva dos profissionais, já que eles fazem parte da infraestrutura de resposta a esta pandemia e devem ser priorizados na política de imunização do país. Faz-se necessário destacar que não é possível deter esta pandemia sem proteger primeiro os trabalhadores da saúde”.

VOLTAR PARA LISTA DE Banner Notícias