Sindisaude
54 3221.7453
54 9635.0765
15 de Maio, 2019

Cortes na Educação: Estudantes e professores prometem protestos em todo o país

Nesta quarta-feira (15), educadores, alunos e pais estarão nas ruas em diversas cidades do país provocando um tsunami contra a política do governo de Bolsonaro de desmonte do sistema público de educação.

Reitores, associações de professores e alunos estão convocando para o ato, que deve contar com o apoio de outras categorias.

Confira abaixo a programação nas principais cidades.

Brasília (DF)
Ato às 10h em frente ao Museu da República, na Esplanada dos Ministérios. Os manifestantes devem marchar até o Congresso

SUDESTE
São Paulo (SP)
Protesto às 14h na avenida Paulista

 Rio de Janeiro (RJ)

Das 8h às 12h, haverá panfletagem do Museu Nacional, em frente ao Horto Botânico. Das 10h às 16h, manifestantes farão aulas, palestras, performances e oficinas na Praça 15. Às 15h, acontece o ato unificado, na região da Candelária

Belo Horizonte (MG)
Manifestantes irão promover panfletagem em pontos da cidade como Estações do MOVE, Praça da Rodoviária e Praça Sete, a partir das 6h. A partir das 9h30, saem em passeata em direção à Praça da Estação para um ato unificado.

Vitória (ES)
Haverá panfletagem em frente aos portões do campus Goiabeiras a partir das 6h30. Às 13h, trabalhos serão exibidos na “Mostra Balbúrdia Universitária”. Às 16h30, sai uma caminhada entre teatro universitário e a Assembleia Legislativa ​

SUL
Porto Alegre (RS)
Concentração às 13h, na frente do Instituto de Educação (IE/Faced) seguida de caminhada até o INSS, no centro. Ato às 18h na Esquina Democrática

 Curitiba (PR)

Mobilização começará às 8h30, em frente ao prédio histórico da UFPR, na Praça Santos Andrade. De lá, estudantes e professores farão uma caminhada até o Centro Cívico da cidade

Florianópolis (SC)
Protesto às 16h no Largo da Alfândega

 NORDESTE

Salvador (BA)
Ato unificado às 9h na Praça do Campo Grande com concentração às 8h em frente à escola de Belas Artes, no Canela

Recife (PE)
Atividades iniciam às 6h, quando professores e alunos da Ufpe vão oferecer serviços de fonoaudiologia, terapia ocupacional e fisioterapia na na Praça do Engenho de Meio. À tarde, o protesto será na Rua da Aurora, próximo ao Ginásio de Pernambuco

Fortaleza (CE)
Mobilização terá concentração na Praça da Bandeira, às 8h, e marcha pelas ruas do Centro e do Benfica em direção à Reitoria da Universidade Federal do Ceará

 Fonte: Revista Fórum
 
VOLTAR PARA LISTA DE Notícias Destaque